Foto de perfil do autor
Antoine de Saint-Exupéry
Autor
BIOGRAFIA

Antoine teve uma infância tranquila apesar de ter perdido o pai aos quatro anos.

A mãe assumiu a educação dos cinco filhos e foi a mãe quem o incentivou a escrever contos e prosas.

Interessado em mecânica, estudou no colégio jesuíta de Notre-Dame, em Mans, de 1909 a 1914.

Em abril de 1921, inicia o serviço militar no 2º Regimento de Aviação de Estrasburgo, depois de reprovado nos exames para admissão da Escola Naval.

Em 17 de junho, obtém em Rabat, para onde fora mandado, o brevê de piloto civil.

Em 1922, já é piloto militar brevetado, com o posto de subtenente da reserva.

Em 1926, recomendado por amigo, o Abade Sudour, é admitido na Sociedade Latécoère de Aviação , onde começa então sua carreira como piloto de linha, voando entre Toulouse, Casablanca e Dacar, na mesma equipe dos pioneiros Vacher, Mermoz, Guillaumet e outros.

Foi por essa época, quando chefiou o posto de Cabo Juby, no sul de Marrocos e uma colônia espanhola, que os mouros lhe deram o cognome de senhor das areias.

Ficou 18 meses no Cabo Juby, durante os quais escreveu o romance Correio do Sul e negociou com as tribos mouras a libertação de pilotos que tinham sido detidos após acidentes ou aterragens forçadas.

Após quase 25 meses na América do Norte, Saint-Exupéry retornou à Europa para voar com as Forças Francesas Livres e lutar com os Aliados num esquadrão do Mediterrâneo.

E com 43 anos, ele era mais velho que a maioria dos homens designados para funções, e sofria de dores, devido às suas muitas fraturas.

Ele foi designado com um grupo de pilotos para pilotar aviões P-38 Lightning.

A última tarefa de Saint-Exupéry foi recolher informação sobre os movimentos de tropas alemãs em torno do Vale do Ródano antes da invasão aliada do sul da França.

Em 31 de julho de 1944, ele partiu de uma base aérea na Córsega e não retornou.

Uma mulher relatou ter visto um acidente de avião em torno de meio-dia de 1 de agosto perto da Baía de Carqueiranne, Toulon.

Um corpo não identificável ​​usando cores francesas foi encontrado vários dias depois a leste do arquipélago Frioul ao sul de Marselha e enterrado em Carqueiranne em setembro.

O alemão Horst Rippert assumiu ser o autor dos tiros responsáveis pela queda do avião e disse ter lamentado a morte de Saint-Exupéry.

Em 3 de novembro, em homenagem, recebeu as maiores honras do exército.

Em 2004, os destroços do avião que pilotava foram achados a poucos quilômetros da costa de Marselha.

Seu corpo não foi encontrado.

Em 1998, um pescador de Marselha, Jean Claude Bianco, pescou uma pulseira prateada, com o nome de Antoine de Saint Exupéry e da mulher inscritos.

Luc Vanrell, arqueólogo submarino iniciou uma busca que duraria 10 anos e viria a revelar os destroços de duas avionetas - um Messerschmitt do príncipe alemão zu Bentheim uns Steinfurt, e o Lightning de St Exupéry.

Uma parte do aparelho encontra-se hoje no Museu do Ar e do Espaço de Bourget.

SOBRE O AUTOR
  • Nome completo: Antoine Jean-Baptiste Marie Roger Foscolombe
  • Pseudônimo: Antoine de Saint-Exupéry
  • Nascimento: 29/06/1900
  • Falecimento: 31/07/1944
  • Local do nascimento: França
  • Local do falecimento: França
  • Profissões exercidas: Escritor, ilustrador e piloto
  • Cônjuge: Consuelo de Saint-Exupéry (1931)
  • Site oficial: antoinedesaintexupery.com
POPULARIDADE
  • visibility 207 visualizações
  • check 3 pessoas leram suas obras
CURIOSIDADES
  • Terceiro filho do conde Jean Saint-Exupéry e da condessa Marie Foscolombe.
1 OBRAS CADASTRADAS
PRÊMIOS E HONRAS
  • Prix des Ambassadeurs (póstumo)
  • 1944: Croix de guerre avec palme (póstumo)
  • 1940: Croix de guerre 1939–1945
  • 1940: National Book Award: Não-ficção, por Terre des Hommes
  • 1939: Grande Prêmio do Romance da Academia Francesa, por Terre des Hommes
  • 1939, 1930: Légion d'honneur
  • 1929: Prix Femina
Atualizado em 23/03/2018 às 15h40