Logotipo da editora
Zélio Valverde
Editora
HISTÓRIA

"Valverde (1921-1985), jovem e "espantosamente obeso", iniciou-se nos negócios em 1937, com uma pequena livraria num primeiro andar de um prédio da rua de Rosário, voltada sobretudo para a história do Brasil e para os clássicos da literatura brasileira: Francisco de Assis Barbosa foi seu editor literário.

Suas primeira edições, em princípios de 1938, foram Prudente de Morais, de Gastão Pereira da Silva, e a nova Constituição, de novembro de 1937.

Seguiram-se edições das obras completas dos poetas do século XIX, Casimiro de Abreu, Castro Alves (em dois volumes), Gonçalves Dias (em dois volumes) e Fagundes Varela (em três volumes), vendidas a 6$000 em brochura e 8$000 encadernado. Com a fusão com Schmidt sua atividade aumentou, levando-o a anunciar a publicação das memórias de Francisco Gomes da Silva, "O Chalaça", escritas no início de século XIX -, o livro de José Presas sobre as memórias secretas da rainha Carlota Joaquina e outras biografias de autoria de Pereira da Silva."

Trecho extraído de O Livro no Brasil: Sua História, de Laurence Hallewell.

SOBRE A EDITORA
  • Fundada por: Zélio Valverde
  • Fundada em: 1937
  • País de origem: Brasil
POPULARIDADE
  • visibility 335 visualizações
  • check 1 pessoa leu um de seus livros
1 LIVROS CADASTRADOS
Atualizado em 05/04/2018 às 17h34